Mulher para evitar namoro

Não dê muita importância para a idade dela. Uma coisa a evitar, se quiser ter um relacionamento bem sucedido com uma mulher mais velha, é ligar demais para o fato de que ela é 'a mulher mais velha'. Embora algumas mulheres falem disso numa boa, outras não querem ser vistas como mais velhas, mas aproveitar o relacionamento do jeito delas. # 2 Melhor App de namoro adolescente - Café encontra Bagel. É outro ótimo site de namoro para adolescentes que a maioria dos adolescentes usa. Este aplicativo funciona bem para adolescentes que planejam iniciar um relacionamento. É muito simples de usar devido à sua impressionante interface amigável e de classificação. Ver também: Tipos de Homens Para Evitar No Namoro (O GUIA COMPLETO) TIPO 1: O cara que fica muito íntimo cedo demais. Quando um cara está ansioso, isso pode significar algumas coisas, nenhuma delas boa. A primeira é que ele quer levá-lo para a cama, e ele se depara com a extrema dificuldade de acelerar o processo. Contrato de namoro: conheça o acordo para evitar efeitos da união estável . ... bastava “um homem e uma mulher conviverem de forma pública e duradoura, com o objetivo de constituir família”. “Com isso, a diferença do simples namoro para a união estável tornou-se tênue, senão nebulosa, passando a depender apenas do convencimento ... Ela pode ate ser uma mulher maravilhosa, mas para ser uma boa parceira para você, ela precisa se tornar independente. Conclusão! Namoro após o divorcio é um dilema, apesar que já ouviu falar que existe muitas mulheres por aí que estão prontas e dispostas a querer um homem certo para viver bem. No dias de hoje, as mulheres solteiras procuram combinar da melhor forma possível a sua vida pessoal com a profissional, isto porque a sociedade actual implica uma gestão de tempo extremamente eficaz, para que estas mulheres dividam o seu tempo entre estudos, trabalho, viagens, amigos, família e na esperança de encontrar a sua cara metade.. Porém, muitas destas mulheres solteiras procuram ... O amor, a sua cara metade é difícil de encontrar, não há dúvidas. Os homens, assim como as mulheres, têm a vulnerabilidade de serem feridos e muitas vezes nem sequer sabem o que procurar em uma mulher para evitar ficar preso em uma situação desagradável. Nesta seleção estão em destaque os 10 tipos de garotas […] Leia também: As 7 qualidades de uma mulher para namorar! E o mais importante de tudo, procure uma mulher que esteja disposta a assumir um compromisso sério com você. Muitas não estão preparadas para um namoro, pois ainda estão fortemente ligadas nas vantagens da vida de solteira … A vida de casada nem sempre é o conto de fadas sonhado por todas as mulheres, principalmente porque existem muitos desafios que precisam ser vencidos na vida a dois. É importante levar em consideração que nenhum dos dois é perfeito e existem muitas coisas a serem observadas para estabelecer uma relação saudável em casal. O seu foco para evitar este tipo de situação: ... Muitos homens procuram pedir a mulher em namoro em um cenário romântico, e dizer que ela é o amor da sua vida. ... digo por experiência própria que o curso do Bruno consegue te ensinar tudo o que você precisa saber para fazer qualquer mulher sentir fortes desejos por você.

Frustração sexual e puritanismo. A má influência da igreja e como ela tem afetado a vida sexual de jovens da sociedade

2020.07.30 20:23 Jaozim_capixaba_VV Frustração sexual e puritanismo. A má influência da igreja e como ela tem afetado a vida sexual de jovens da sociedade

Edit: aproveito para deixar 2 subs sobre o tema:
exchristian e exReformed (em inglês)

Vou falar sobre meu passado religioso e como isso afetou minha vida sexual.
Exemplos deste puratinismo pode ser visto em blogs como https://naomordamaca.com/ que foi um dos principais sites que eu seguia na adolescencia para buscar a abstinência sexual e me reservar para "a minha escolhida".

As frustrações sexuais são sintomas e não uma causa.
Estes sintomas, incluem a falta de atenção afetiva, de poder se abrir e ser falar com honestidade os seus sentimentos para outra pessoa, de se sentir desejado/a de ter contato físico, carícias e até sexo.
Pode ser que existam diversas causas que levem as pessoas a se isolarem deste tipo de intimidade. Se trancando em suas conhas e criando assim a frustração.
Vou citar um exemplo que destas causas que perdurou por quase toda a minha via (tenho 28 anos)
Para mim, a causa foi ter sido criado em um lar extremamente religioso que moldou minha visão de que sexo (fora do casamento) é pecado, sujo e imundo. Além disso sofri anos de abuso emocional por parte dos meus pais (e ainda sofro com isso).
Uma vez que alguém se encontra em uma situação dessas, é difícil arranjar uma solução fácil. Tem gente que vai pras drogas e sexo/vida loka, mas que acaba sofrendo por que, pra falar a verdade, sexo não é tudo. o que a pessoa buscava era uma alguém que a aceitasse por completo.
Outras pessoas, como eu, passam a se reclusar e a lutar fortemente contra estes instintos sexuais e a negar a própria vontade.
É tipo como você se obrigasse a fazer um jejum intermitente. Exemplo: "comer apenas uma refeição por dia por 5 anos seguidos".
Certamente será danoso para o corpo, vc vai ficar fraco, zonzo, ter anemia, pior desempenho e tudo mais.
Exceto pelos religiosos mais "birutas" (desculpe se ofendi) ninguém vai ficar 5 anos fazendo este tipo de jejum.
Então, voltando ao meu caso (que certamente é compartilhado por algumas pessoas com frustração sexual):
Ao ser criado neste ensino religioso Eu aprendi que:
Isto sem falar nas outras áreas da vida (mas este post já tá gigante)
Observando estes pontos, qualquer um consegue entender por que eu nunca namorei e nunca fiz sexo.
Esta vontade não era minha. eu tinha desejo de buscar felicidade ao lado de uma mulher.
Esta vontade foi imposta a mim (e vários outros jovens da minha igreja. Muitos, ainda virgens e com a minha idade).
Foi inculcada na minha cabeça. Foi uma lavagem cerebral. Também foi defendida por minha mãe.
Logo, eu, com 16 anos, tinha medo de namorar e correr o risco de levar esporro de meus pais. Eu não tinha coragem de levar uma garota pra minha casa. Na verdade, eu raramente levava amigos pra minha casa (mas aí é por causa de outros problemas).
Nestes ultimos 4 anos, eu comecei a mudar
Primeiro, eu fui perdendo a fé nas coisas da igreja de pouco a pouco.
Por incrível que pareça, o motivo não era as coisas que escrevi acima. Eu perdi a fé justamente por ler a bíblia, orar e por ir nas atividades da igreja.
Com a gradativa perda da minha fé. de pouco a pouco, fui reavaliando minhas "filosofias de vida" e todos os conceitos que eu tinha. mutos desses novos conceitos eu adquiri por mídias (livros, tv, algumas músicas) e graças a algumas comunidades no reddit.
Um dos conceitos passados que eu perdi, foi essa "pureza sexual"
Teve várias influencias para isso, mas o anime Dororo (2019) tem uma cena realmente chocante e que me fez realizarr o quão estúpido é isso de dizer que uma mulher que teve vida sexual ativa é nojenta e impura. (mas vou evitar os spoilers)
Presente:
Neste ano, entrei em um grupo do Discord que tinha acabado de ser criado. Grupo pequeno. razoavelmente fechado e certamente seguro (ou seja, tolerancia zero contra trolls)Neste grupo, a galera conversava sobre o tema principal, mas também tinha canais para publicar fotos/selfies em geral.
Decidi publicar uma selfie lá.
Passado uns dias, uma garota de lá disse:"Achei seu cabelo lindo! seria muito estranho se eu dissesse que quero passar a mão nele?"
Aí com mais um tempo de conversa, a gente começou a namorar.
É namoro a distância? é!
Pode ser que dê em nada? Sim! (Foda-se!)
Mas depois de todos estes anos me repreendendo, tentando fugir da realidade. Todos estes anos fugindo dos meus desejos...Eu finalmente estou namorando, me abrindo com uma garota, e vendo ela se abrir comigo (no sentido emocional).
Sinceramente. Estou feliz! Me sinto motivado!Quero mudar pra onde ela mora!
(Na verdade eu já planejava mudar pra lá, Mas agora estou bem mais motivado)
submitted by Jaozim_capixaba_VV to desabafos [link] [comments]


2020.07.27 13:34 Creatiba Estou cansada desse sentimento e dessa confusão

Gosto de uma menina do trabalho, mas eu acho que é tudo carência e enganação do meu cérebro porque me apaixono muito fácil pelas pessoas. Por exemplo, essa menina é lésbica, gosta de drogas, bebe, tem um jeito que eu nunca me atraí. Eu devo ser homossexual... Não curto bebidas, drogas, nada. Prefiro moças discretas, educadas, femininas e estudiosas. Só que agora estou interessada justo nesta pessoa.
Não para por aí, eu não poderei dizer que gosto dela porque sou tímida e vergonhosa, sou feia e sei que não sou do tipo que ela gosta e, pra acabar de vez, acho que ela está namorando.
Quando eu ouvi dizer desse possível namoro fiquei triste, como se tivesse passado uma neblina escura. Fiquei magoada e me fechei. Ao mesmo tempo eu não quero ter nada com ela. Não quero namorar ninguém, muito menos mulher.
Estou confusa. É um querer e um não querer, sabe?
Já sonhei com ela... Na verdade com o trabalho com um todo, penso muito nela, enfim: obsessão.
Queria esquecer esse sentimento e evitar de ver ela pra parar com isso. Não posso pedir demissão neste momento. E eu sei que quando eu me apaixono eu fico doida (sou borderline).
Ando muito confusa e meu cérebro não para de pensar!
submitted by Creatiba to arco_iris [link] [comments]


2020.07.27 13:31 missionAd8 Estou cansada desse sentimento e confusão

Gosto de uma menina do trabalho, mas eu acho que é tudo carência e enganação do meu cérebro porque me apaixono muito fácil pelas pessoas. Por exemplo, essa menina é lésbica, gosta de drogas, bebe, tem um jeito que eu nunca me atraí. Eu devo ser homossexual... Não curto bebidas, drogas, nada. Prefiro moças discretas, educadas, femininas e estudiosas. Só que agora estou interessada justo nesta pessoa.
Não para por aí, eu não poderei dizer que gosto dela porque sou tímida e vergonhosa, sou feia e sei que não sou do tipo que ela gosta e, pra acabar de vez, acho que ela está namorando.
Quando eu ouvi dizer desse possível namoro fiquei triste, como se tivesse passado uma neblina escura. Fiquei magoada e me fechei. Ao mesmo tempo eu não quero ter nada com ela. Não quero namorar ninguém, muito menos mulher.
Estou confusa. É um querer e um não querer, sabe?
Já sonhei com ela... Na verdade com o trabalho com um todo, penso muito nela, enfim: obsessão.
Queria esquecer esse sentimento e evitar de ver ela pra parar com isso. Não posso pedir demissão neste momento. E eu sei que quando eu me apaixono eu fico doida (sou borderline).
Ando muito confusa e meu cérebro não para de pensar!
submitted by missionAd8 to desabafos [link] [comments]


2020.06.12 23:11 tercioteseu Hoje eu fui chamado de Racista

Racismo é uma merda. Como é um tópico sensível, mesmo achando lugar de fala uma bela falácia, eu normalmente deixo as pessoas negras se posicionaram sobre e eu simplesmente digo que concordo com elas pq eu concordo.
Racismo é uma merda. É um problema estrutural na nosda sociedade. Julgar alguem pela cor da pela e não pelo caráter é o preconceito mais escroto e irracional que existe. Todo preconceito é burro, mas a xenofobia ao menos segue uma lógica (bairrismo), o ódio entre religiões faz sentido dentro da filosofia de cada uma das respectivas crenças. Racismo é literalmente odiar alguém pela cor da pele, algo qur não se escolhe nem se aprende. É simplesmente espúrio. Crime. Me parte o coração só de pensar no quanto de sofrimento nós já infligimos a bilhões e bilhões de pessoas ao longo da história devido a essa nossa necessidade ridicula de brigar, de ser preconceituoso, cospir ódio e perpetuar comportamentos higienistas e genocidas.
Hoje uma amiga muito querida, que esse ano idealizou um projeto muito bacana chamado PRETOS NO ENEM que consistia em criar uma vaquinha para que pessoas negras sem condição de se inscrever no enem fossem beneficiadas por meio de doações via boleto bancário.
Foi um sucesso, ela ate apareceu na globo.
Uma pessoa muito boa, engraçada e doce.
Mas sim -ja ia me perdendo em divagaçoes- ela publicou uns tweets sobre como as pessoas estavam sendo muito preconceituosas com ela por ela namorae um cara branco. Aquela coisa de PALMITEIRA e tals
aí eu comentei
"nÃo pOrQuE o eMbRaNqUeCiMeNtO dA rAçA nEgRa é uM pLaNo dE dOmInAçÃo cAuCaSiAnA"
Só trocar branco por negro e temos uma frase de adolf hitler em mãos, olha que legal
"Ah pq vc n pode me comparar a adolf hitler"
odeia judeu mistura de raças e quer ser chamado de quê?
Comentário meio belicoso, é verdade. Mas eu me reservo a esse direito pq ja passei por situações similares na vida. Eu costumo evitar opinar sobre essas coisas nao pq eu ache que n tenho direito de falar sobre (acho isso uma grande imbecilidade, inclusive) mas pra me poupar da fadiga de ter que discutir com gente sectaria e ignorante
Ela me respondeu pedindo que eu por favor apagasse pq apesar dela ocncordar eu sou branco e eu n devia opinar sobre
Eu pessoalmente acho isso extremamente idiota, mss como ela foi super educada, é uma pessoa querida e é claro É NEGRA, tem mil vezes mais vivencia e conhecimento do que eu sobre racismo eu apaguei sem problema nenjum.
O problema é que ela é meio famosinha e um imbecil branco que inclusive eu lembro mt bem de ter chamado o taison de macaco na epoca da copa de 2018 deu rt comentado me chamando de racista e me jogando aos leoes dos seguidores dele.
Aí começou a chover idiota na dm e indiretinha na timeline e eu tranquei meu perfil
Assim. Eu não devia me irritar com isso da forma como eu estou me incomodando.
Mas a verdade é que essa é só a cereja do bolo de desastres que eh a minha vida nos ultimos 3 meses
minha mae adoeceu com covid (ja melhorou) O controle do meu videogame quebrou Eu provavelmente serei reprovado no ultimo ano do ensino medio porque nao consigo render estudando a distancia A escola nao ajuda em nada e olha que ela esta longe de ser a pior das escolas nesse sentido, é o sistema educacional que esta falido dentro dessa coisa de vestibular Eu não consigo sequer me divertir mais fazendo as coisas que eu gosto pq eu simplesmente não relaxo
Eu tô pilhado demais. Estressado. Estafado. Burnout
Tem mt mais merda que rolou, e eu ate ia desabafar aqui sobre ontem, passei 3 horas escrevendo mais apaguei sem querer.
Então por mais que seja uma grande besteira, ser chamado de racista nesse caso acabou meio que causando uma puta crise de ansiedade em mim Sabe quando a cabeça fica cheia, a respiraçao rarefeira e o coraçao dispara em ritmo de frevo e vc fica ao mesmo tempo invonsolavel e puto?
Pois é. E eu tenho que escolher melhor minhas brigas. Pq eu n devo me estressar com imbecilidadezinhas como essa. Deixar passar. Abstrair.
O problema é que eu tô desgastado. Tô com fastio mesmo. Desmotivado. Eu tenho um mundo pela frente, mas que raio de mundo é esse?
O futuro não me parece nada alvissaleiro e eu há anos eu n tenho amigos nem namoro. Eu tô solitario.
E cansado. To ficando muito amargo com essas coisas, mas eu nao posso deixar que elas interfiram de forma negativa na minha vida pessoal.
Claro que inevitavelmente algumas coisas vao transparecer no meu comportamento pq eh assim que as emoçoes funcionam, mas ninguem deve sofrer por causa de problemas dos outros.
Eu que me resolva com minhas raivas e meus traumas.
Eu só queria viver.sabe. eu sinto saudade pra caramba de quando eu ainda tinha uma perspetiva de futuro melhor nao so pra mim mas pra toda a humanidade.
Porque eu acredito que as pessoas não sao más em sua essencia. Que o brasileiro de preguiçoso não tem nada, éum povo trabalhador e sofrido que é taxado com rotulos que deverism na verdade ser atribuidos aos poucos poderosos que há 500 anos fazem o que bem entendem com a sua população.
A gente até esboçou um progresso consideravel dentro de todas as limitações que a sociedade nos impõe: foram 20 anos incríveis. Pode parecer meio absurdo falar isso levando em consiferaçao quem foi eleito, mas imagine pasdar 30 anos sem ter direito de escolher seus representantes politicos e de repente vc nao só escolhe como participa ativamente destes governos.
Goste ou nao do lula (eu mesmo tenho um milhão de problemas com ele), é mt legal ver um torneiro mecanico na presidencia da republica. Eu tbm n gosto do fhc, mas o cara é professor universitário, um educador. A dilma, que ironia, economista. Mas aí pouco importa a profissao: uma mulher no posto mais importante do país.
Claro que as caracteristicad pessoais dos governantes nao necessariamente refletem as práticas de seu governo. O professor universitário só abriu uma universidade e a economista quebrou o país. Mas vcs entenderam o que eu quis dizer - as pessoas votavam em quem mais se parecia com elas, em quem elas colocavam confiança
Então é triste que, por meio de um conjunto de fatores, o candidato da elite desse país tenha vencido: Um milico de novo. E um milico filho da puta que ta deliberadamente matanfo milhares de pessoas por ai.
Mas o bolsonaro querendo ou nao representa aquela minoria repugnante dos brasileiros qur sempre existiu e que permeia todas as classes sociais - aquele imbecil que é preguiloso, vive de ganhar dinheiro burlando leis e passandl a perna nos outros, e que é extremamente escroto e preconceituoso com todo mundo ao seu redor. O tiozao do churrasco. O cara bronco.
Aquelas pessoas que são más em sua essencia. Que te tiram um pouco a esperança de um mundo melhor.
Enfim. Isso era um desabafo sobre minha vida e virou um desabafo sobre política. Peço perdão AI
submitted by tercioteseu to desabafos [link] [comments]


2019.07.22 01:10 anderson_97 21/12/2019, um dos piores dias do melhor ano para mim

Hoje, eu tive que deixar minha namorada, terminei, porque eu simplesmente sei alguns dos motivos e alguns das quais ela não tem nada haver, eu estou passando por dificuldade familiar, ela tem uma filha que eu tanto amo e que me considero pai dela, minha família odeia uma mulher que nem chegou a conhecer direito, então eu sinceramente preferi não optar pela tristeza das duas, até porque um dia a criança cresce e certos tipos de sofrimento eu prefiro deixar passar, não quero ver nenhuma sofrendo por essas pessoas, nem pelo que eu vou ter que fazer, ando vigiando minha mãe porque ela simplesmente enlouqueceu, gastou todo o dinheiro de minha avó em só Deus sabe o que, e o único que pode saber aonde está tudo sou eu, minha mãe mudou da água para o vinho, ninguém a reconhece mais, eu estou voltando a ser uma criatura de odeio, meu namoro não é perfeito, faltava muita coisa, eu e ela éramos bem diferentes, mas isso não importa nosso amor era único e qualquer coisa tentávamos conversar, mas algumas vezes o ego de algum subia ao ponto de não suportar o outro, então nós deixamos a primeira vez, na segunda ambos decidirmos mudar, e eu de fato em 1 mês, mudei, mudei o suficiente para saber o que quero e aonde eu quero chegar, mas com ou sem ela, eu vou, eu quero crescer, ser rico e ajudar os outros, eu quero ser alguém que ajude os outros, mais as coisas que me acontecem me atrapalham porque eu mesmo me deixo atrapalhar por isso, eu sei bem que não sou a solução de tudo, mas eu não sei evitar um problema, eu simplesmente estou voltando a ser um covarde e correr de tudo, eu simplesmente não consigo enfrentar o que eu deveria e prefiro dar as costas e seguir outro caminho, ela minha ex tinha seus defeitos como todos, e eu os meus, porém ela queria subir nas costas, as minhas, e que eu carregasse ela como princesa, só que eu não sou assim, eu virei egoísta e me orgulho disso, só não sei mais em qual direção seguir, se eu continuo o que estou pra fazer se eu deixo quieto, ou se simplesmente eu devesse sumir, eu tenho emprego e posso me manter sozinho, mas não sei de mais nada nem qual decisão tomar, apenas me sinto sozinho e dessa vez eu detesto a solidão.
submitted by anderson_97 to desabafos [link] [comments]


2018.12.23 23:07 Gyro_zepellin_aisaka Desmotivação e fobia

oi pessoal, recentemente estou com umas dificuldades de convivência social, bom pelo menos onde eu vivo, grande parte das pessoas só se reaciona voltada a assuntos relacionados a sexo, pegação, ou simplismente coisas relacionadas a "modinhas", acho que já cheguei a escrever isso em posts(geralmente me apresento como homem mais por conta de evitar pessoas que geralmente não ligam pra "draminhas de mulher") anteriores, que devido a perda da minha amiga que eu considerava irmã(uma das poucas pessoas que eu falava normalmente) eu desenvolvi uma fobia social por falta de estar com ela, e também outros transtornos, sem contar o fato que parei de sentir "atração amorosa" tanto por homens quanto por mulheres, lembro que das ultimas vezes que me pediram em namoro simplismente recusei por não me achar boa o suficiente, e mais recentemente uma das poucas garotas que eu amava eu decidi não ir pra frente devido a uma trava que eu tive na hora de não me achar bonita ou algo do tipo pra pessoa, e pior ainda do nada acabei desenvolvento devido essa certa perda da minha irmã um certo desejo por relações incestuosas. Uma outra coisa é que recusei uma viagem em familia para foa do estado devido a minha fobia de lugares com bastante pessoas(mesmo que na escola eu me segure bem), e agr estou sozinha até ano que vem(eles viajaram hoje)

acho que depois de tudo isso sem contar o fato de a 2 anos eu viver como neet(sem sair de casa para passeios familiares ou amigos) vivo me perdendo nos pensamentos e querendo morrer..........o pior de tudo que das poucas amizades que eu tinha algumas me largaram por eu não ir a passeios com elas ou ter os mesmos assuntos....

to bem desmotivada pra tudo recentemente, e o pior de tudo que sem ninguem pra desabafar torna isso mais f***da

bem ......é isso...



submitted by Gyro_zepellin_aisaka to desabafos [link] [comments]


2018.05.05 07:59 koyaanisqatsi_guy Me apaixonei por uma colega de trabalho... e mudou minha vida.

O título já diz tudo. Vou contar brevemente essa experiência, pois é algo que eu vou precisar de muita força de vontade para superar.
Isso aconteceu um ano atrás...
Eu trabalho no mercado de comunicação, a rotatividade de pessoas entre empresas é muito grande, em um ano que consegui diversas entrevistas acabei passando por 3 empresas grandes, e na última delas eu conheci essa garota.
Foi por indicação de um amigo que eu fiz entrevista nesse lugar. E ele trabalhava com ela, não diretamente, mas no mesmo setor. Eu demorei um tempo pra notar que ela era diferente, a primeira vista foi só mais uma garota de 28 anos, linda e meio nerd. Porém, eu estava em uma fase de focar apenas no trabalho, pois sempre tive muita dificuldade com o lado social. Desde que me mudei para essa cidade decidi me envolver com qualquer garota que fosse fisicamente atraente, devido as frustrações de amar alguém profundamente, acabei me forçando a ser superficial. Isso foi me afetando aos poucos, até chegar em um ponto que eu simplesmente não via mais razão para isso, foi quando eu me afastei socialmente de tudo e comecei a trabalhar demais, o meu desempenho profissional aumentou, então decidi procurar lugar melhor, melhor salário, que no caso, foi a indicação do meu amigo.
Alguns anos atrás eu estava em uma faze em que projetava sinais e razões em tudo. Algo como me convencer a fazer algo por que música x que lembra pessoa y está tocando no momento em que eu estou no lugar z, então eu devo seguir meu "instinto" de investir naquela pessoa, mesmo se não tiver nenhuma chance.
Voltamos para o mês em que eu entrei na empresa nova, dezembro/16. Em janeiro eu estava almoçando com ela e com o grupo do setor dela, que incluía meu amigo, praticamente todos os dias. No terceiro dia meu amigo confirmou o que já se passava pela minha cabeça.
No almoço acontecia do grupo todo ter um assunto, mas eu e ela outro, não importa aonde estávamos sentados,longe, perto, a conversa era muito interessante pra ficar quieto.
Isso me deixou em completo estado de choque. Ela era simplesmente muito parecida comigo, eu ficava bugado, não sabia o que fazer.
Devido ao stress do trabalho, minha ansiedade tinha aumentado e como medida eu comecei a fazer terapia alguns anos atrás, meu terapeuta foi enfático em me dizer que eu deveria me permitir a amar e a me arriscar. Eu abracei a ideia.
Como um cara timído, nerd, com alto-estima baixa conquista uma garota? Eu não tenho a mínima ideia. Na minha humilde opinião e experiência própria isso é extremamente difícil. Mas não impossível.
Durante o processo da 'conquista' eu estava em um estado de negação a vida, pois eu achava ela atraente e interessante demais para minha pessoa. Passava horas questionando o por que do universo colocar essa pessoa em minha vida, pensando em todas coincidências que aconteceram para eu conhecer ela e de fato me interessar, era algo surreal. Mesmo gosto por música, filmes, nosso assunto preferido era realidade simulada, sério!
Eu decidi que iria ser sincero, deixar claro meu interesse e ver no que dava. Enquanto isso meu amigo e meus novos amigos da empresa comentavam que ela realmente dava sinais de interesse. Nesse ponto eu já estava imaginando coisas. Mas foi frustrante. Ela tinha acabado de sair de um namoro de 7 anos, engatado em uma relação breve de 3 anos e alguns meses antes ela tinha se envolvido com uma pessoa da empresa. Quando eu descobri isso, abri mão. Entrei em um estado de pré-depressão. Eu uso muito metro, ficava parado, esperando o vagão passar pensando em como seria mais facil me jogar ali do que esperar eu conseguir o amor dela.
Isso foi me dominando, essa vontade de querer fazer ela feliz e ver ela ao meu lado me implodia de angustia por não conseguir ver isso se concretizando. Há essa altura eu já sábia que ela não tava fazendo nem um pouco bem para mim, mas eu não estava pensando nisso, estava pensando em fazer ela feliz.
A primeira tentativa foi demonstrar interesse, coisa que fiz até demais. Chamava ela pra sair pro bar toda quinta e sexta feira, não conseguia me conter em ficar feliz com um sorriso de orelha a orelha quando ela aceitava. Era algo maior que o meu auto controle e que a minha força de vontade. Em janeiro foi o mês de colocar as cartas na mesa, eu deixei claro que me interessava por ela e queria sair apenas com ela, então, ela finalmente colocou um ponto final em tudo. Me disse que não queria se envolver com pessoas do trabalho, então contou os relacionamentos dela. Ai tudo fez sentido, finalmente, o medo de falhar que eu tinha, se tornou realidade.
É engraçado, pois foi muito aliviante. Eu finalmente tinha o não dela e com isso podia me conformar com mais um não da vida, me lembrar o por que eu focava no trabalho o por que disso. A frustração me fazia esquecer tudo e me deixava muito produtivo. Eu sempre usei tristeza, raiva e sofrimento ao meu favor.
Começou fevereiro
Nos dias seguintes, o mais absurdo acontece: ela me chama para ir na casa dela. Após o fora, eu imaginava que iria existir um silêncio e que o nosso começo de amizade iria morrer rápido, mas foi o oposto. Amizade era o objetivo dela, talvez uma amizade colorida. Mas definitivamente nada sério. Eu aceitei o convite de ir para casa dela, mas com uma consciência de que eu era apenas amigo. Conhecendo amigos que forçam beijo na balada e fazem esse tipo de coisa escrota, eu nunca iria tentar beijar ela após o fora. Ia ser muito constrangedor se ela não gostasse e isso era o fim do mundo em loop para mim.
Ela deu diversos sinais, mas ao mesmo tempo me contou como sempre teve mais amigos homens do que mulheres, eu achei que tinha lido a situação de uma maneira correta. Nesse dia eu fui o mais tapado possível, fui um amigo mesmo, não tentei nada. Depois disso, quarta feira, na sexta ela estava no bar comigo e com o pessoal do trabalho e convidou para irmos até a casa dela. Eu falei para o meu amigo que tinha interesse nela (não era o amigo do trabalho). Isso foi surreal. Um amigo de um outro ciclo de amigos tinha conhecido ela naquele dia, e ela convidou nós dois para irmos até lá. Eu não entendi nada. Fui sincero com ele, falei que estava muito interessado e que gostaria de tentar algo naquele dia. Ele foi super gente boa e foi embora uma meia hora depois.
Era isso, eu estava sozinho com ela no apartamento dela. Mas na verdade eu estava aprisionado dentro da minha cabeça não me permitindo tentar nada. Então eu não tentei. Nem cheguei perto. Falei tanto que a coitada caiu de sono. Nesse dia eu estava conformado que tinha zerado quaisquer ruídos e chances de relacionamento amoroso com ela.
Eu descobri que ela estava com receio de ficar comigo pelo nível de atenção e interesse que eu demonstrava por ela. Ela estava corretíssima, nós estávamos em sintonias diferentes ainda sim nosso radinho de pilha captava a frequência do outro sem querer. O fatídico dia foi durante um happy hour da empresa, no próprio local onde nós trabalhávamos. O fato de pensar em ver ela me dava ansiedade, então comecei a evitar. Não queria ir até o happy hour por nada, então fiquei na minha mesa trabalhando, naturalmente, quando todos já estavam se alcoolizando e socializando. Eu estaria bem ali a noite inteira, talvez angustiado mas transformando tudo em produtividade, é o que eu sei fazer afinal. Mas meu amigo tramou um plano, chamou a melhor amiga dela no trabalho e quando eu percebi estava sozinho com ela. A reação dela quando eu me aproximei? Foi virar para o outro lado.
Imediatamente voltei para minha mesa, coloquei meu fone e voltei a trabalhar como se nada houvesse acontecido. Ela me liga 3 vezes e comeca a mandar mensagens, pedindo para eu responder, perguntando se eu estava bravo. Eu falei a verdade, que não deveria mais ver ou falar com ela pois estava me atrapalhando e me fazendo mal. Era a hora perfeita para tudo acabar e eu voltar para a minha vida medíocre.
Ela então, as 2 horas da manhã me chama para ir no apartamento dela. Nunca, nem em 100 vidas eu diria não. Eu fui, sentindo que tinha atingido um objetivo superficial, quando na verdade, no meu interior, eu me preocupava com as consequências. Eu não queria encontrar ela bêbada, queria que fosse algo verdadeiro mesmo que fosse uma simples conversa.
Eis que eu fiz a maior besteira da minha vida. Eu preferi ela do que eu mesmo. Eu escolhi por fazer alguém feliz e me fazer infeliz, sem pensar ou medir as consequências. Então eu convenci ela, e a mim mesmo que eu tinha entendido a situação e que nós poderíamos ficar aquele dia e sermos amigos. Acabamos dormindo juntos, foi de fato um dos melhores dias da minha vida, não apenas pelo sexo, mas pela satisfação em fazer alguém que você ama feliz. Comecei a me alimentar daquela sensação. A relação foi cada vez mais tomando uma forma e quando eu percebi, estava ali, moldado, desenhado e exposto: Eu estava vivendo para ela.
Ela me ligava de noite, pedia para eu ir até a casa dela, eu pegava o táxi e ia na hora, não importa o dinheiro, distância, sono, nada, o que importa é fazer essa garota feliz. O problema é que durante o dia, eu sabia que ela não queria nada, então no trabalho eramos apenas colegas na perspectiva dos outros. Eu fui ficando cada vez mais interessado, fui me cedendo cada vez mais, ao chegar no ponto em que eu via que apenas ela definia quando iriamos nos ver. Eu não conseguia chamar ela pra sair e receber um sim, tinha que ser algo quando ela queria. Nessa altura do campeonato eu já estava muito perdido, a consequência da solidão batia na porta mas eu simplesmente ignorava e achava que era uma viagem minha, que tudo iria dar certo e eu iria conquistar ela.
Isso foi criando um vazio dentro de mim, pois eu sabia que ela não tinha terminado o último relacionamento dela de forma amigável, isso começou a afetar ela e consequentemente a mim, que ficava imaginando o que teria acontecido, pois ambos estavam quase morando juntos.
Então, março
O fim veio rápido como o final do feriado de carnaval. Passamos todos os dias juntos transando, conversando, mas aquela bola de neve gigante estava vindo e nós dois sabíamos, o problema é que eu tinha convencido ela que não tinha bola de neve e tava tudo bem. Um dia, ela me chamou para ir na casa dela jantar. Era meio que um big deal, pois nunca havia existido um convite antecipado como esse. Ela tinha arrumado a varanda com luzes e uma mesinha, foi simplesmente uma das coisas mais legais e agradáveis que eu já vivenciei com alguém. Infelizmente a bola de neve engoliu tudo esse dia. Claramente incomodada com a situação, com o que nós estávamos fazendo, ela ficou em um mood estranho e distante de mim. Era a primeira vez que ela fazia aquilo. Eu não entendi e tentei contornar, em um certo ponto eu soube que aquele era o último dia.
Depois disso ela se distanciou de mim, parou de falar comigo frequentemente. Eu achei que era algum tipo de mind game feminino, para eu correr atrás ou algo do tipo. Eu corri atrás e dei de cara em uma parede quilométrica. Não existia mais aquela ponte entre a gente, não existia mais nada a não ser uma tensão de quando vai ser a proxima vez que ela vai me chamar. Os pensamentos suicidas voltaram, eu já não conseguia trabalhar no mesmo local com medo de olhar no olho dela e saborear aquela sensação de que ela não me quer na vida dela, além dos meus pensamentos auto depreciativos de que eu era um bosta e que eu tinha me colocado em uma situação de merda.
A minha ansiedade piorou, tive que me ausentar um mês do trabalho por causa de crises constantes de ansiedade, comecei tratamento psiquiátrico junto com a terapia para segurar a ansiedade, não conseguia sair de casa, não conseguia fazer nada a não ser pensar nesse fracasso. Engordei 17 kg em um período de 9 meses. Eu fazia academia para emagrecer para ela me notar. Tenho 1,78 e estava com 80kg, depois disso, cheguei aos 98kg.
What a ride.
Depis de maio-abril de 2017 eu expliquei para ela que seria melhor se eu me afastasse para sempre. Bloqueei ela em todas minhas redes sociais, toda vez que via ela saia imediatamente do campo de visão dela, pois me dava crise de ansiedade. Evitava todos lugares achando que ela estaria ali. Não existia mais tranquilidade, ela aparecia nos meus sonhos, pesadelos. Eu realmente me perdi. Nunca mais vou conseguir falar com ela, perdi a chance de fazer essa garota incrível feliz. Obviamente a culpa de tudo isso é minha. Não tive maturidade para lidar e deu no que deu.
Atualmente eu lido com isso de uma maneira objetiva, que é: aprendizado. A vontade de morrer sempre vai existir, afinal, eu ainda amo essa garota. Nunca vou superar totalmente essa experiência devido a maneira que aconteceu. Eu me isolei socialmente por quase 12 meses, cheguei a excluir diversos amigos de longa data apenas por que eles namoravam. Apaguei familia de todas redes sociais, tudo me fazia lembrar de como eu era um miserável solitário que tinha falhado na única chance de conquistar a mulher da minha vida.
A única razão que eu estou escrevendo tudo isso, é por que eu preciso tirar isso de dentro de mim. Se eu realmente quero viver e tenho amor a mim mesmo, eu tenho que seguir em frente e ser resistente. Isso foi apenas um aprendizado, dos mais difíceis de toda minha vida. Eu questionava diariamente o por que de tudo isso ter acontecido. Eu nunca mais vou ser o mesmo, essa lição me mostrou muita coisa, uma delas é que eu tenho uma batalha constante com o meu eu interior. Nosso auto controle define quem somos, se você não em auto controle, possivelmente você vai se colocar em situações que podem mudar você e sua vida para sempre, eu espero que de maneira positiva.
Eu ainda tenho muito tempo pela frente para transformar o saldo dessa história em positivo. Mas o que eu queria mesmo era estar com ela.
Saudades de você, n.
TLDR;
Me iludi com uma colega de trabalho que era muito parecida comigo, fingi que estava preparado para uma relação superficial mas me apaixonei e acabei me perdendo dentro de mim mesmo. Entrei em depressão e me isolei socialmente por quase um ano, suicídio era mais aliviante do que pensar em um futuro positivo. A existência era dolorosa e pesada. Hoje eu sei que isso foi um aprendizado, daqueles fudidos que não é para a gente esquecer. Vou levar isso pro resto da vida, espero que com o tempo transforme o resultado em algo positivo.
submitted by koyaanisqatsi_guy to desabafos [link] [comments]


2017.12.01 17:27 tombombadil_uk Quantos de vocês já estão/estiveram/conhecem alguém em um relacionamento abusivo? Já tentaram dar um toque nessa pessoa?

Depois de compartilhar com vocês a história que vivi com essa menina que reencontrei (link aqui) depois de 12 anos, outro assunto ficou aqui na minha cabeça e quis compartilhar com vocês: relacionamentos abusivos. Quantos de vocês passaram, passam ou conhecem alguém que passe por isso?
Eu não sei quantos de vocês aqui já passaram por algo do tipo. Mas essa conversa com a menina que reencontrei, na qual falei sobre as experiências que passei aqueles quatro anos com um relacionamento extremamente tenso. Foi um momento tão traumático da minha vida que eu nem gosto de pensar muito nele, mas essas três semanas relembrando daquela época e a conversa que tive essa semana me fez perceber várias coisas.
Olhando agora, todo esse tempo depois, muito disso soa absurdo e não acredito que me sujeitei a tanto, que perdi tanto da minha vida. Especialmente amigos nessa época tão gostosa que é entre 18~22 anos.
Fica aqui um desabafo sobre o assunto, solidariedade a quem também já passou por isso e possivelmente ligar o alerta para quem pode estar vivendo uma situação dessas. Ninguém é tão bom a ponto de você abrir mão de tudo na sua vida - família e amigos - para poder ficar com aquela pessoa. Você jamais vai ser tão ruim a ponto daquela pessoa "ser a única que vai aturar você" na sua vida.
Se você acha que está vivendo um relacionamento estranho, senta e conversa com um amigo ou amiga. Pede ajuda. Passar por esse perrengue foi bem traumatizante e eu demorei uns dois anos depois do relacionamento para me recuperar completamente. De certa forma, isso me amadureceu MUITO. Mas, ao mesmo tempo, eu gostaria de ter percebido mais cedo o que eu estava vivendo com ela para aproveitar melhor aquela época.
submitted by tombombadil_uk to brasil [link] [comments]


MULHERES PARA SE EVITAR A MULHER PARA FICAR E A MULHER PARA NAMORAR - QUAL A ... SE VER TODO DIA ENJOA? Mulher finaliza namorado com golpe de Jiu jitsu para evitar vexame em Boate 7 DICAS PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO 5 TRUQUES PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO PEDINDO MULHERES EM NAMORO - MANDE A SUA #45 - YouTube Por que as mulheres traem? 6 dicas para não ser corno ... namorado terminando namoro mulher brava - YouTube O que Evitar no Namoro? - Sem Tabus

3 Formas de Namorar uma Mulher mais Velha - wikiHow

  1. MULHERES PARA SE EVITAR
  2. A MULHER PARA FICAR E A MULHER PARA NAMORAR - QUAL A ...
  3. SE VER TODO DIA ENJOA?
  4. Mulher finaliza namorado com golpe de Jiu jitsu para evitar vexame em Boate
  5. 7 DICAS PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO
  6. 5 TRUQUES PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO
  7. PEDINDO MULHERES EM NAMORO - MANDE A SUA #45 - YouTube
  8. Por que as mulheres traem? 6 dicas para não ser corno ...
  9. namorado terminando namoro mulher brava - YouTube
  10. O que Evitar no Namoro? - Sem Tabus

Programa para os solteiiirrrooosss!! Assiste aqui! O que evitar no namoro? novotempo.com/semtabus facebook.com/semtabus.nt Todas as quartas-feiras 23:30h Hor... DICAS PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO Está cansada(o)? Quer um pouco de paz para vocês dois? Siga essas dicas e vai fazer toda diferença! FAÇA HOJE SEU ORÇAMENTO FOTOGRÁFICO!! https ... FACEBOOK : www.facebook.com/italosena35 https://www.facebook.com/TaGravando-1462993543915976/ INSTAGRAM : @SENAITALO / @TAGRAVANDOO TWITTER : ITALOSENA__ trolando a namorada Por que as mulheres traem? Tem alguma coisa que homem pode fazer para evitar a traição? Como não ser corno? No vídeo de hoje, o Leo dá uma série de dicas de ... Uma mulher dá chave de perna no marido para evitar que ele se envolva em uma briga na porta de uma boate em Belém. O vídeo foi postado em uma rede social e esta dando o que falar. Você acha ... Como falar o que incomoda sem gerar briga para o relacionamento se aprofundar - Duration: 14:25. Priscilla Macanhão Relacionamentos e Autoestima Recommended for you 14:25 5 TRUQUES PARA EVITAR BRIGAS NO NAMORO - Duration: ... SABE POR QUE SEU RELACIONAMENTO NÃO DA CERTO E A MULHER ENJOA DE VOCÊ? É POR ISSO! ... 10 dicas para saber se é hora de terminar o namoro ... A MULHER PARA FICAR E A MULHER PARA NAMORAR . Assista aqui uma AULA GRATIS e saiba como ser BOA de CAMA clique aqui: http://bit.ly/souboanacama . NOVO EBOOK ... mulheres para se evitar keyla leão youtuber ... 6 motivos para vocÊ desistir dela e partir para outra ... 6:11. os 4 erros mais comuns do comeÇo de namoro - duration: 7:15. keyla leão ...